quinta-feira, dezembro 10, 2015

cochicho



quanto mais se afunda em si, mais flutua no mundo.

Nenhum comentário: