terça-feira, outubro 20, 2015

o bolo que nunca sai da garganta

sufoco. é aquela bola que permanece, a mesma dos sentimentos não concretizados. não tô conseguindo lidar com essa época, nada é determinado, as relações tão loucas. Agonia! Faz muito calor em Brasília, uns 40 graus. Continuo com as paixonites e sem realizar alguma. bárbara sendo eterna bárbara - mas pode ser só o meu eu-lírico mesmo.

Nenhum comentário: