sexta-feira, abril 04, 2014

sobre dias atuais

todos os tempos esquecidos
na latência desesperada
do ontem pelo hoje
de sexta-feira passada

tempos de urgência
não me deixam lembrar
da existência
tão pouco poetizar.


Nenhum comentário: