quinta-feira, julho 04, 2013

direto da madruga

você é um de nós
quando tu sente
eu vou junto
descrente
de qualquer outro
amor.

traz mais um poema
uma cerveja,
um papelote,
tenta desfazer

viver de só
de saudade
não faz bem não..

era só vontade
rabisco diário 
tanta bobagem
rascunho
e sacanagem

todos os versos
tem um motivo
mesmo quando ruins,
são perdoados.
inteiros ou dissecados
por amores mal falados.


Um comentário:

R. disse...

Gosto muito dos seus poeminhas!
Beijos!