quinta-feira, fevereiro 14, 2013

Dúvidas

Tem um bolo no meu esôfago - são as dúvidas, as que vão acompanhar para o resto da vida. para amar é preciso deixar-se amar. e deixar-se não é tão fácil como parece. para amar, não basta(,) amor. Eu o amava, e ainda, amo. Mas é que algo dentro dizia que não era para ser, pelo menos, não agora. Só que o amor persiste. Eu não entendo de gente, e me lamento por ser uma dessas gentes incompreensíveis.

Nenhum comentário: