terça-feira, fevereiro 19, 2013

Classe média, o novo povão

Que o Brasil funciona em castas - praticamente iguais as da Índia - não é novidade. Pobre casa com pobre e rico com rico e classe média com classe média (às vezes rola de dar o golpe - a classe mais baixa sendo sempre inferior em todos os sentidos). Só que as coisas andam meio confusas "quando até o povão começa a ter acesso às passagens de avião", como diria Danuza. E agora veja que heresia: estão tendo mais acesso a conhecimento de qualidade!
Já que o povão virou classe média, a classe média virou povão? Eis o questionamento. A classe média anda irritada porque seu poder de compra foi igualado ao da classe c, mas ela não pertence a tal "casta".
"Essa escola é do povão": - ouvi uma menina de 11 anos dizer sobre uma escola grande e particular de Brasília, dessas que aprovam 70 em medicina mesmo quando as vagas são para 30. E fiquei me questionando: Se uma menina dessa idade tem a tal noção de "classe", de separação e começa a achar que até a escola de mil e quinhentos reais é do povão, as escolas públicas são de quem?
Não sei se o pessoal percebeu que no fim tudo vai para o mesmo lugar. Ter mais não é ser mais. Parecem macacos subestimados por uma lógica laboratorial - como é a publicidade de marca. Comprar para ter, e assim para ser melhor - você não é melhor porque bebe vinho de cinco mil reais, acorda meu filho. Ou porque tem bolsa Prada. Você está comprando o "chiquê", a marca - logo não é você, mas sim a Prada que é autêntica, cara e bonita. São valores invertidos num mundo surreal que vivemos. Quando deixarem disso, vão ser feliz!

Nenhum comentário: