domingo, setembro 30, 2012

carentemaníaca


um carinho
dois nunca será
suficiente

um dia vou morrer
descrente

Nenhum comentário: