terça-feira, agosto 14, 2012

Como os franceses amam


De amor francês poucos sabem, e quem dirá eu. Pela pouca e insignificante experiência vos digo, eles sabem amar. Senão paixão. A sensualidade , que nós latino-americanos temos, realmente lhes foi tirada. Mas em termos de romantismo, sem mais palavras.
Os franceses amam como se fosse 2012.
Um beijo significa entrega do corpo e de espírito, o mesmo que vender a alma para o diabo. Se ajoelhou tem de rezar não importa se a Deus ou a santanás, eles sabem bem "dessa coisa de entrega" que o zé um dia me falou. Depois de sucessivos encontros, o primeiro beijo. A transa. Encontrou mais de três vezes com a mesma pessoa? Voilà. estão juntos. Se vai embora, acabou. Simples, sem receios, sem mazelas, sem medo de se prender, o amor é livre, soltinho assim. Acaba e começa na fricção de lábios, mas digo sim que é amor.

Nenhum comentário: