domingo, novembro 27, 2011

Beirute

Bora vivê
Quer saber?
Bora vivê!

Não há mais o que fazer

Se tudo fosse simples,
Como banheiro de bar
Essa gente não sofria
Por tanto amar

Bora vivê!

Não há mais o que pensar

Dê-me uma cerveja
Que para eu parar de reclamar
E também um cinzeiro
Para cinza não espalhar

Nenhum comentário: