sábado, maio 07, 2011

Clamo por novos velhos casos

Preciso de novos velhos casos.
São paixonites que vem e vão em noites de sábado e domingo. Hoje são nada, mas na próxima semana tudo.
Preciso da indecisão de ter de escolher entre o caso mais velho ou o mais novo, ou me humilhar pelo terceiro que ainda há de vir.
Quero a alegria das comparações. Os devaneios das conversas de bêbado. Os casos diurnos e os noturnos. E os de bar. E os de casa. E os de casa dos amigos.
Procuro almas descompromissadas com o sofrer. Procuro corpos entorpecidos e conversas loucas. Procuro um affair. Procuro um casamento(nem que seja por algumas horas) .
Espero um acontecimento. Aguardo ansiosamente. Estou em dúvida em relação a quantidade. Algo entre cinco ou seis deve servir.
Personalidades das mais excêntricas, e que tenham problemas psicológicos de preferência.
Não exijo qualquer boa antecedência, mas que honre a fama de um bom caso.
Casos são para não chorar. Casos são para viver enquanto durar
Sem ciúme ou compaixão.
Caso se interessar, me procurar.

Um comentário:

Anônimo disse...

como te passo meu contato?