terça-feira, abril 26, 2011

Quando se percebe

Todos são maus e ruins. E a vida é merda.
E tudo é um grande jogo de interesses.
Na lamúria, tudo acima é verdade.
Depois de uma noite de sono: a culpa aparece. É pior que a encenação da noite passada.
Remorso.
Palavra mais horrenda que existe.
Sentado alí no sofá, tomando um whisky. Não conseguiu se livrar do mea culpa mesmo pouco sabendo latim. O dia que o superego o deixar em paz, poderá finalmente ser feliz.
Já diria Chico " te perdôo por te trair". Ele queria viver assim.
Mas a culpa o atormenta. Pobre d'homem que não sabe tirar a culpa de si.
Um exorcicismo psicanálitico talvez resolva. Nos casos mais leves, o álcool. Porém depois de algumas doses de Jack Daniel`s, ele percebe que, infelizmente, a situação está perdida.
Foi atrás de um novo remorso, para curar o antigo.
Não tem disso? Um amor cura o outro?

Nenhum comentário: