domingo, novembro 21, 2010

Cantarolando

Já tem um tempo que canto amor-te, mas a morte não me encanta.
Tenho preguiça até de morrer. De amar? Eu não tenho não.
Fraca de sedução essa aí... vem de luto até o pé.
Prefiro o outro que vem vermelho serelepe, pena que é mentiroso.
Ela não é.

Nenhum comentário: