domingo, agosto 08, 2010

Feliz dia dos pais


Tenho a impressão que a relação dos filhos com os pais sempre é mais tensa do que com a mãe, principalmente quando se é menina.
Meu pai nunca foi de declarar amores diretamente pra mim, mas sempre se orgulhou simplesmente por me ter como filha. Lembro que quando pequena me mostrava pra todo mundo, mostrava foto, vídeo, parecia mais um troféu do que uma filha.
Papai me ensinou a ter vaidade, papai que me colocava lacinhos, vestidinhos de bolinhas. Um pai bem diferente do que a maioria.
Seu Cabral já brigou comigo por coisas tão supérfluas que nem me lembro quais, e também já deixou de brigar por coisas importantes...
Papai nunca me deixou de castigo, nunca. Papai nunca me mandou estudar.
Comprar roupa era nossa principal atividade nos dias de sábado quando era pequena, papai sempre gostou de comprar.
Papai dizia que eu era bicho do mato, agora reclama que saio demais.
Papai é engenheiro mas devia ser diplomata. Fala tanto, tem tantos amigos e descola as viagens mais inimagináveis.
Papai não me proibiu de namorar, de usar batom vermelho. Não gosta que eu pinte o cabelo, mas também não impede.
Papai me ensinou a fugir do preconceito, e diz que a coisa mais besta que existe, apesar de ser preconceituoso em vários aspecto (quem não é).
Papai diz que o importante na vida é conhecer pessoas e lugares, e que o resto é balela.
Papai é da classe média apertada, mas quer viver como rico. Eu e minha mãe temos que rir.
Papai queria que eu estudasse engenharia ou direito. Se orgulha muito de dizer que tem uma aspirante a jornalista.
Papai diz que sou desorganizada. Briga, xinga a minha bagunça, me faz chorar. Não entende quando eu digo "Pai, são só coisas fora do lugar". Digo mais " As pessoas mais desorganizadas são as mais criativas". Ele olha de cara feia. Quando eu fizer sucesso ele vai ver como eu estava certa.
Papai diz que sou dramática, que exagero os problemas. Papai não entende sobre drama.
Papai não está aqui. Papai estava em Nova Iorque semana passada, agora está em Teofilândia (cu do judas). Está seguindo a sua meta de conhecer lugares, mesmo os indesejáveis... que seja.
Papai me ama, sei que do seu jeito, mas ama. Eu também amo papai.
Feliz dia dos pais!

ps: papai não sabe sorrir falsamente em fotos, eu sei.

2 comentários:

eu disse...

amei!!!!!!!!!!!!

muito lindo!

Anônimo disse...

Babi,minha querida filha, pra variar eu chorei.mamy