sexta-feira, julho 09, 2010

Sou culta.

Valentina afirma que tem cultura, parente da mais alta realeza (existe baixa realeza?) da Dinamarca. Valentina grita: "Eu sou fina, tenho estirpe, aprecio obras de arte." O pai se diz culto por ser poliglota, fala inglês, francês, alemão, italiano e hebraico. A esposa o pergunta " pra que hebraico?"
O Pajé se confunde no português " Mim tem cultura, mim não quer que homem branco tire de mim a minha cultura."
O médico dá o diagnóstico: " É cardíaco, os hambúrgueres e o bacon atrapalham. Essa cultura do fast-food só fode meus pacientes"
Os franceses dizem "Americanos são sem cultura."
Lolita chutou de vez sua cultura, foi ser louca com outros loucos, formaram uma nova sociedade, formaram cultura, nem que fosse a dos malucos.
Rafinha nem quis saber o que significava cultus cultura, se vinha do grego ou do latim. Só desprezou: "Odeio esses pseudo-cults."

Nenhum comentário: