sábado, novembro 21, 2009

Complexo de meiguice x intelecto



Sabe aquela mulher bonita, que sabe fazer torta de maçã e arrasa com uma saia de bolinhas?Então, ela também tem um cérebro!Impressionante, não é?
Em tempos mais remotos, lembro-me que escrevi sobre a crise do homem bonito e bom de papo, citei o Jô Soares e o Reinaldo Gianecchini como exemplos.Pois, as mulheres sofrem muito mais com este problema, principalmente quando são meigas.
Mulheres intelectuais tem aquele estereótipo de sensualidade, seriedade e discrição. Entretanto, estereótipo não significa realidade, mas pessoas tendem achar que sim.
Já passei por diversas experiências em que me senti um lixo.Já pensei em mudar o meu jeito porque sinto que passo a impressão errada para as pessoas, mas eu sou assim,é impossível mudar.
Concordo que em certos ambientes, os gritinhos e as carinhas de fofa são imperdoáveis. Em uma entrevista de emprego por exemplo, ou na apresentação de um trabalho. Agora, no dia-a-dia com os meus amigos, colegas e afins, qual é o problema?
Citarei dois casos para quem ainda não sabe:
Aula de Teorias da Comunicação, escrevi um texto muito interessante e apliquei meus conhecimentos sobre Platão e mundo imaginário.O professor diz:

-Foi você mesmo que escreveu isso?Tem certeza que não pediu ajuda para o seu pai?

Eu sei que foi de brincadeira.Mas já era um indício de que o que eu aparento ser não é na verdade o que eu sou.

Outro dia saí com uns amigos, conheci um garoto que veio me dizer:

- Nossa, gostei muito de conversar com você. Vendo você de longe, nunca pensei que teria uma boa conversa.

Dessa vez, eu sofri.
Gostaria de que tirassem esse imaginário da cabeça, mulher meiga, fofa e bonita também pode ser inteligente. Às vezes ela tá só alí, esperando o momento certo de falar, esperando a oportunidade de dizer algo que realmente valha a pena.
Sou uma mistura de Marilyn Moroe com Hannah Arendt.
Aposto que você não sabe quem é Hannah Arendt, só porque ela é inteligente.
E sabe quem é Marilyn Monroe só porque ela é famosa e bonita.
E eu sou muito modesta.

3 comentários:

Juliana E. disse...

de modo geral, concordo com o que você disse, e fico feliz por ter lido isso. mas, sinceramente, não consigo relacionar a imagem da mulher "intelectual" com a imagem da mulher "sensual". quer dizer, pessoalmente, eu consigo, mas acho que a maioria das pessoas só conseguem ver uma mulher culta como sexy, se ela for, no mínimo, "bonitinha". se não houver certo apelo estético, posso te garantir que ela vai ser intimidadora demais ou simplesmente ignorada.

(me senti orgulhosinha porque sei quem é Hannah Arendt, rá).

marilia disse...

Bárbara você é linda =)
(me senti mal de deixar este simples comentário após o comentário desta menina)
Eu adorei seu texto.

Iasminny Thábata Sousa Cruz disse...

Eu sei quem é Hannah Arendt o/, mas nao sabia qual o pensamento que vc tinha sobre vc. De repente,nem faz diferença se as pessoas nao sabem unir meiguice a intelecto. Algumas não possuem nem um, nem (acredite) o outro.