segunda-feira, abril 13, 2009

Não há tradução.

As palavras não traduzem
As bonitas iludem um humide leitor.

Sentimento não é letra
Não é frase,papel ou caneta
Sentimento é coração

As palavras enganam
Elas não têm olhos nem emoção
Quem faz delas gente é quem sente
É quem acha que poema pede perdão

As palavras são traiçoeiras
Velhas guerreiras dos Dons Juans
Baboseiras de adolescente
Alívio para os românticos
Como o hortelã é pra garganta.

O amor não pode ser transcrito
Muito menos traduzido
Como se fosse alemão
O amor tem que ser beijado
Ser corpo a corpo amassado
Sem pudor ou escrúpulos

O amor não é crepúsculo ,
Aurora ou fé
Métricas ou rima
O amor somente é.

2 comentários:

Ana Paula Lisboa disse...

nossa q profundo!
amei!

"O amor somente é."

vc tem esse blog há mó tempão, hein?!
continue escrevendo assim q vc vai longe :D

Rαchele Loureiro disse...

Muito bonito.
:)